Judd Marriott Mendes in Versus

O Sagrado que habita em mim, ama o Sagrado que habita em ti ...

Textos


JARDIM DA INFÂNCIA

Entre os meandros desse coração selvagem...
Nasce uma nova imagem,
Perfumada pela timidez da viagem...
Flori entre a aragem...

Sua forma singela de um encanto ímpar...
De um singular colectivo formando um par,
Doma as paredes desse peito faminto...
Com o seu licor que transforma o absinto...

De tudo o quanto sinto...
Com o mesmo intuito,
Daquele ímpeto no silêncio...
Dos olhos que choram cá dentro
Pois ela nasce no centro...

A selva se harmoniza com a bela flor...
Tão mística como a noite excitada,
Tão mágica igual ao nascer da alvorada...
Fragrância da saudade e do amor,

Raridade que nutre essa pobre alma,
Que deságua no leito das veias,
Tal chama que queima e incendeia...
Tal ilusão como a primavera...
De um tempo que não exagera...

Num jardim de uma inocente infância,
Duma vontade e teimosia de criança,
Nascida da ânsia, para se compreender...
Flor da sedução, ternura e prazer....

Tentando domar-me, tornou-se selvagem...
Repartiu-se em duas, apagando as miragem(ns)

Sua origem da ordem Asparagales...
Ousei-me a mistura-la nos princípios de Tales,
Pois a sua origem grega assim permitiu-me...
Buscar a essência testiculada da sua forma...
Para o aprazível nascer das suas chama...

Em pequenos jardins da infância
Nesse âmago perfumado por Orquídeas...


Daniel Miguelavez
o Merlin Magiko


In Antologia Poética " Jardim de Palavras "
do Grupo Múltiplas Histórias


 

 
Daniel Miguelavez o Merlin Magiko
Enviado por Judd Marrriott Mendes em 08/07/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras