Judd Marriott Mendes in Versus

O Sagrado que habita em mim, ama o Sagrado que habita em ti ...

Textos



 SONETO À NAMORADA... 

Escuta meu amor essa canção que fala
Do tempo que havia Fada, Princesa, Musa,
Porque agora o romantismo não mais se usa
E quando é pra se dizer que ama, o mundo cala.

Escuta essa canção de sublimação rara
Pois quem tem sentimentos dela nunca abusa
Deveras... Sua linha melódica acusa
Que a vida é amor e o que o tempo nunca pára.

Gozam de mim por lhe dedicar um poema
De lhe dar flores e de comermos pipoca
Vendo um romance no escurinho do cinema.

Eu namoro à moda antiga e digo sem temor,
Nesta era aflita que desunião provoca
Importante é que eternizemos já esse amor!

 
DILSON POETA 


Visite o poeta amigo no Recanto das Letras
Acesse aqui clicando nas fotos, Obrigado!
Uma bela tarde a todos.

 

 
DILSON POETA
09/06/2012 - Natal - Rio Grande do Norte

Código do texto: T3713820
Dilson Poeta
Enviado por Judd Marrriott Mendes em 06/06/2019


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras