Judd Marriott Mendes in Versus

O Sagrado que habita em mim, ama o Sagrado que habita em ti ...

Áudios




O Teu cheiro

 
Preso pelo olfato, como se faz com garrote,
Tomou-me teu cheiro, dominando a mente.
Quase não percebi, foi tudo tão de repente,
Que até me assustei ao beijá-la no cangote.

Assumiu meu controle, teu perfume natural.
Numa espécie de transe, cai em teus braços.
Como se fosse um jardim aquele teu abraço.
Nunca vivi uma hipnose com esse potencial.

Não ver o tempo passar, ou sentir a loucura,
Foi o melhor efeito que teu cheiro provocou.
Perdi a noção de tudo, só teu perfume ficou.

Dizer que te amo, não é uma decisão segura,
Esse feitiço é novo e desconheço aonde vou.
Mas se o cheiro não passar, tua hora chegou



   Jacó Filho

Interação publicada  salvaguardo copyleft ¹, 
Copyrights©créditos  e direitos são:
 Reservados ao autor Jacó Filho com registro por
 processo eletrônico. EDA  e licença Creative Commons. 
Enviado por Judd Marrriott Mendes em 01/12/2017




Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras