Judd Marriott Mendes in Versus

O Sagrado que habita em mim, ama o Sagrado que habita em ti ...

Textos


DESPEDE-SE O SOL

O Sol chama a noite com cores suaves,
Como se o amor fosse seu ponto fraco,
E beleza tanta vão colando meus cacos,
Para ouvir anjos cantando com as aves.

Revivo saudades que o Sol não esconde,
Pois levou consigo, pra trazer no futuro,
Num raiar dum dia que estarei inseguro,
Porque a chamarei e você não responde...

À grande mãe Maria, o amor circunscrito,
Bem diz o sol geometrizando em sua luz,
Belas cores pra vida, que a tantos seduz,

Com a noite moldando desejos explícitos,
Com força bastante pra pregar-me à cruz,
Longe da moça, que meu coração conduz...

  Mestre Jacó Filho   

  Visite o parceiro poetico e meu Mestre o
Mega Poeta Mestre Jacó Filho   no RL .  Click aqui
na  foto dele  e  acesse direto Obrigado!
Boa dia a todos um carinhoso abraço meu Judd.

 


Soneto publicado, salvaguardo copyleft ¹  da obra.
Copyrights ©, créditos  e direitos são reservados ao autor original
o Mega Poeta Mestre Jacó Filho  com registros por
processo eletrônico EDA - Biblioteca Nacional e BNP Lisboa,  
com licença anterior Creative Commons.Intl.  


Réplica ao texto:  " O dia se finda!" (T6579979)
83824-mini.jpg?v=1510425161  Maria Augusta da Silva Caliari
Jacó Filho ©
Enviado por Judd Marriott Mendes em 27/02/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Jacó Filho ©). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras