Judd Marriott Mendes in Versus

O Sagrado que habita em mim, ama o Sagrado que habita em ti ...

Áudios

Sexta-feira Santa, Feliz Páscoa
Data: 30/03/2018
Créditos:
Esther Lessa e Judd Marriott Mendes
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim nunca morrerá. “Jesus Cristo”
 
Neste dia, Sexta-feira Santa, que os antigos chamavam de “Sexta-feira Maior”, quando celebramos a Paixão e Morte de Jesus, o silêncio, o jejum e a oração devem marcar este momento. Ao contrário do que muitos pensam, a Paixão não deve ser vivida em clima de luto, mas de profundo respeito e meditação diante da morte do Senhor que, morrendo, foi vitorioso e trouxe a salvação para todos, ressurgindo para a vida eterna.
 
É preciso manter um “silêncio interior” aliado ao jejum e à abstinência de carne. Deve ser um dia de meditação, de contemplação do amor de Deus que nos “deu o Seu Filho único para que quem nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna”. É um dia de reflexão interior e busca de paz interior.
 
Uma prática de piedade valiosa é meditar a dolorosa Paixão do Senhor... tudo isso deve nos levar a amar profundamente Jesus Crucificado, que se esvaziou totalmente para nos salvar de modo tão terrível. Essa meditação também precisa nos levar à associação com a Paixão do Senhor, no sentido de tomar a decisão de “gastar a vida” pela salvação dos outros. Dar a vida pelos outros, como o Senhor deu a Sua vida por nós. “Amor só se paga com amor”.
 
A meditação da Paixão do Senhor deve mostrar-nos o quanto é hediondo o pecado. É contemplando o Senhor na cruz, destruído, flagelado, coroado de espinhos, abandonado, caluniado, agonizante até a morte, que entendemos quão terrível é o pecado.  O pecado é “a pior realidade para o mundo, para o pecador”. É por isso que Cristo veio a este mundo para ser imolado como o “Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”. Só Ele poderia oferecer à Justiça Divina uma oblação de valor infinito que reparasse todos os pecados de todos os homens de todos os tempos e lugares.
 
Nas leituras, meditamos a Paixão do Senhor, narrada pelo evangelista São João, mas também prevista pelos profetas que anunciaram os sofrimentos do Servo de Javé. “O Homem das dores”, “desprezado como o último dos mortais”, “ferido por causa dos nossos pecados, esmagado por causa de nossos crimes”. Deus morreu por nós em forma humana.
 
Neste dia, podemos também meditar, com profundidade, as “sete palavras de Cristo na cruz” antes de sua morte.
É como um testamento dele:


“Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que fazem”
“Em verdade te digo: hoje estarás comigo no Paraíso”
“Mulher, eis aí o teu filho… Eis aí a tua Mãe”
“Tenho Sede! ”
“Eli, Eli, Lema Sabachtani? – Meus Deus, meus Deus, por que me abandonastes? ”
“Tudo está consumado! ”
“Pai, em tuas mãos entrego o meu Espírito! ”.
 
Tudo isso nos ajuda na espiritualidade deste dia. Não há como “pagar” ao Senhor o que Ele fez e sofreu por nós; no entanto, celebrar com devoção o Seu sofrimento e morte Lhe agrada e nos faz felizes. Associando-nos, assim, à Paixão do Senhor, colheremos os Seus frutos de salvação.
 
Sim, Jesus era judeu, mas ele não era apenas um judeu. Jesus era o Filho de Deus, que veio para salvar todo o mundo, mesmo quem não é judeu. Jesus era judeu, mas, com sua morte e ressurreição, ele estabeleceu uma nova aliança: o Cristianismo.
 
Um judeu pode ser um descendente de Abraão – uma pessoa do povo judeu, por nascimento
Os pais terrenos de Jesus (Maria e José) eram judeus, descendentes de Abraão. Por isso, Jesus era judeu por nascimento (Mateus 1:1). Jesus também era um judeu religioso. Ele fazia tudo que um judeu praticante fazia:
Foi circuncidado – seus pais, tementes a Deus, o circuncidaram aos oito dias de vida, como mandava a Lei – Lucas 2:21; Gênesis 17:9-11
Aprendeu as Escrituras – todas as crianças judias aprendiam a ler e a obedecer às leis de Deus; ainda jovem, Jesus se destacou por seu conhecimento.
Veja como foi a infância de Jesus...
Celebrava a Páscoa – Jesus atendia todas as festas religiosas instituídas por Deus, incluindo a Páscoa, que era uma celebração especial – Marcos 14:16
Jesus adorava a Deus com outros judeus nas sinagogas (que eram parecidas com igrejas modernas) – Lucas 4:16
Jesus também se identificava como judeu e disse que tinha vindo para cumprir a Lei de Deus (Mateus 5:17). Amem!
 
É tempo de perdoar aqueles que te traíram, que te fizeram mal. Pense que hoje, sexta-feira santa, é um belo dia para fazer isso. Pense que todas essas pessoas que de alguma forma no passado ou hoje te fizeram alguns mal   Basta olhar pra suas vidas vazias e de alegrias falsas. Basta você ser evoluído e perdoar. Não precisa ligar ou ter contato com essas pessoas, é só fazer isso de coração e pra vocês... em silêncio! Quem tem que ouvir é a pessoa mais interessada nisso... DEUS, e ele não precisa escutar sua voz, ele lê seu coração. Boa Páscoa e de coração muita paz e amor para todos, Feliz e iluminada páscoa,que nesta Páscoa haja muitos doces em sua vida. O doce sorriso daqueles que te amam. A doce alegria de ter o pão na sua mesa.
A doce esperança de ter um futuro de paz e prosperidade. Feliz Páscoa! a todos deixo meu carinhoso abraço Shalom, felizes dias, que sejam doces Judd.

------------------------------


Porque Jesus Ressuscitou, celebramos hoje UM DEUS VIVO QUE É SENHOR DE TUDO! E A QUEM PODEMOS RECORRER NAS NOSSAS INFELICIDADES E A QUEM DEVEMOS AGRADECER NOS NOSSOS REGOZIJOS ! Será que preciso lhe dizer o quanto você também é importante pra mim? Mas sim, mesmo quando o coração sabe e sente que somos queridos, é sempre bom reafirmar, ratificar , declarar, dizer com todas as letras do amor que sentimos, da afeição que temos uns pelos outros. Eu o amo, querido amigo e irmão! E agradeço o seu afeto, tão generoso e precioso pra mim! Desejo tudo o de melhor pra você! Que no seu caminho, só haja luz e pétalas macias, embora saiba que nem sempre é assim. Mas , com todas as limitações inerentes à vida humana, que se faça na sua vida, o milagre de que precisa, que se faça no seu coração a alegria dss Bênçãos Recebidas e na sua alma se faça sempre a luz, jamais a treva! Vamos confiar Nas Promessas do Nosso Querido Jesus Ressuscitado! ELE VIVE E ESTÁ ATENTO ÀS NOSSAS SÚPLICAS! Beijos! Feliz Páscoa, quando se comemorava exatamente o êxodo do povo DE DEUS, se libertando do Egito! A Páscoa, é também Símbolo de Libertação! Ah! Deus nos ABENÇOE e aos nossos amados!  Beijos! 

  Esther Lessa
____________________________ 

Quem curtir daqui pode acessar uma edição humorística no Recanto páginas atrás. Basta clicar no link abaixo, obrigado a todos. Um belo dia Judd
Enviado por Judd Marriott Mendes em 30/03/2018

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Judd Marriott Mendes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras