Judd Marriott Mendes in Versus

O Sagrado que habita em mim, ama o Sagrado que habita em ti ...

Áudios

Foste do céu o presente &+ Intrc Mestre Jacó Filho
Data: 20/03/2018
Créditos:
Jacó Filho
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Foste do céu o presente & + interações com o mestre Judd Marriott Mendes

                Foste do céu o presente,
Que para as artes, caiu...
A sorte que nos sorriu,
                   Pra poesia ir em frente...

Seja sempre bem vindo mestre Judd Marriott Mendes,
      sua arte e dedicação é um caminho iluminado
               para cultura Brasileira e pro mundo...

                             Parabéns!
     E que Deus o abençoe e o ilumine... Sempre...

                            Para o texto:
Sete meses de Recanto... Gratidão a todos! (T6280727)
            De: Judd Marriott Mendes
..............................................................................

        !_...POR TI POESIA ..._!
Do fluxo que pelo coração, passa,
Tilintando emoções inspiradoras,
Cria sonhos e imagens sedutoras...

Sem ti, meus sonhos seriam fumaça,
Sem razões para obras promissoras...
Passariam sem belezas acolhedoras...

No entanto, se a tenho e a toda graça,

Por ti poesia, guardo a luz motivadora...

                      (Reedição)

                     Para o texto:
Dia da Poesia – 14 de março, 21 de março, 31 de outubro? (T6279177)

...............................................................................

     Faço da vida o mestre,
            Que ao divino conduz...
           Tal Cristo, levo a cruz,
Mas inda sou um rupestre...

            Para o texto:
Minha amante solidão (T6277877)

..........................................................................

               Saber que vi no espelho,
  Minha verdadeira face,
       Faz-me não querer conselho,
Até que essa dor passe...

               Para o texto:
Reflexos dementes (T6280628)

..................................................................

Sempre amei minhas primas,
            Com quem dividi meu tempo.
                E ao lembrar, me contento,
   Já que acabaram as rimas...

               Para o texto:
         Vida profana (T6281638)
De: Judd Marriott Mendes
.................................................................

Ante de dormir, medito...
      Ao levantar-me, também...
  Eu Deus me equilibro,
              Para poder ir além...

             Para o texto:
Naufrágio de esperanças (T6281921)

............................................................

Além do longo suspiro,
                 Depois do gozo fatal,
Sinto que inda transpiro,
                Pelo esforço colossal...

                 Para o texto:
         Ao êxtase final (T6283659)
           De: Judd Marriott Mendes
Enviado por Jacó Filho em 20/03/2018

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras