Judd Marriott in Versus

Eu sou ninguém... e ninguém é perfeito.

Áudios

Espuma - Linx Bonarte
Data: 06/02/2018
Créditos:
Linx Bonarte

Espuma, poesias de amor

Visitem meu sobrinho LINX o autor no Recanto

https://www.recantodasletras.com.br/poesiasdeamor/6180426
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Linx Bonarte e canção Ed Sheeran). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Espuma
Você dorme no meu colo
Invade meu pensamento
Cabecinha de ar
Janto um prato suculento
Lavo a louça , uso a espuma
Assopro as bolhas da tua boca
Amor higiênico
Fazemos amor no chão da cozinha
Vivendo a vida do outro , como carne e unha
A noite começa a trovejar
Ficando os dois á sós , a luz de velas
Acertando os cômodos por engano
Beijando tua boca , como um bandido mirabolando um plano
Colocando a mão no teu rosto , uma vista tão bela
Se perdendo nos teus olhos , como um alguém que se perde na favela
Te beijando lentamente , para ganhar mais tempo
A luz volta , eu apago correndo
Te pintar na minha imagem
Te desejar na ficção
Ver o tempo e sua passagem
Viver no sustento da tua obsessão
Sair à noite para ir a um bar
Ficar bêbado de você no café , almoço e jantar
Beber no copo que você babou
Comer a comida que você comeu e rejeitou
Viver das tuas sobras e dos teus restos
Sentir o sabor da doce mentira
Saborear o desonesto
Ser teu refém na prisão
Pegando a chave no bolso do teu calção
Te resumir em uma frase
É o sol que nasce e aquece o que tormenta o coração
Enviado por Linx Bonarde em 23/11/2017

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar meu nome na obra como o autor .). Você não pode criar obras derivadas.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras