Judd Marriott in Versus

Eu sou ninguém... e ninguém é perfeito.

Áudios

Declaração de Amor para Roberta por Judd Cantado!
Data: 31/12/2017
Créditos:
shanana shananaaaa,shanana shananaaaa,shanana shananaaaa,
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Judd Marriott Mendes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


A loira uma tal de Roberta G. M. Mendes, era médica e  não conseguia emprego hospital nenhum. Então, resolveu tomar uma atitude extrema para ganhar dinheiro para ajudar o marido poeta do RL: 

(O cara aquele... Tal do Judd, o Judinho do ciumento do Mestre Trovador)

Pensou, já sei...
- Vou sequestrar uma criança! - pensou (acredite se quiser!)... 

- Com o dinheiro do resgate, eu resolvo a minha vida...

Ela  meteu na cara um óculos Rayban enorme e foi  para um playground, num bairro de luxo em São Paulo viu um menino muito bem vestido, puxou-o para trás da moita e foi logo escrevendo o bilhete:

- "Querida mãe, isto é um sequestro. Estou com seu filho. Favor deixar o resgate de 10 mil reais amanhã, ao meio-dia, atrás da árvore do parquinho. 
Ass.: Loira sequestradora."

Então, ela pegou o bilhete, dobrou-o e colocou no bolso da jaqueta do menino, dizendo:

- Agora vai lá, corre e entrega este bilhete para a sua mãe.

CALMA: AINDA NÃO ACABOU...

No dia seguinte, a loira sequestradora vai até o local combinado e encontra uma bolsa! Dentro dela, 10 mil reais em dinheiro limpinho e o seguinte bilhete:

"Está aí o resgate que você me pediu. Só não me conformo como uma loira pode fazer isso com outra..."
Enviado por Judd Marriott Mendes em 24/12/2017

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Judd Marriott Mendes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras