Judd Marriott Mendes in Versus

O Sagrado que habita em mim, ama o Sagrado que habita em ti ...

Áudios

Eu Sempre Soube! e A Força do Nosso Amor - Dueto
Data: 23/12/2017
Créditos:
Esther Lessa e Judd Marriott Mendes


//DUETO // EU SEMPRE SOUBE! - PROSA POÉTICA - ESTHER E A FORÇA DO NOSSO AMOR - SONETO - JUDD
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Esther Lessa e Judd Marriott Mendes e canção Israel Kamakawiwoole). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

//DUETO // A FORÇA DO NOSSO AMOR / SONETO/ JUDD// EU SEMPRE SOUBE !/ PROSA POÉTICA // ESTHER
DEUS  SEJA  LOUVADO !

        QUE  O  MENINO - JESUS  NOS  ABENÇOE  E  NOS  TORNE  CRIANÇAS  TAMBÉM !
                        FELIZ  NATAL  A TODOS  !


                CONSIDERO QUE GANHAMOS UM INESTIMÁVEL PRESENTE DE NATAL!
                 Fiquei feliz demais quando recebi  o nosso poeta ANSILGUS na minha escrivaninha! Uma felicidade  tê-lo se restabelecendo e de volta! Felicidade pela constatação de que as nossas orações foram Ouvidas Pelo Senhor! E a certeza de que, diante das dificuldades, temos que clamar muito! AO SENHOR  JESUS ! A ELE E AO PAI SEJAM HONRA E GLÓRIA!  BENDITO SEJA DEUS  QUE NOS  OUVIU ACERCA DO NOSSO IRMÃO ANSILGUS! ELE OUVIRÁ ACERCA DE OUTROS POR QUEM ESTAMOS A PEDIR ! PARA  SEMPRE  SEJA  DEUS  LOUVADO !!!
*************************************************
DUETO

             A  FORÇA  DO  NOSSO  AMOR               (JUDD)

       Você viu mulher em flor as esperanças
         Fazem se límpidas, concretas e reais
      Assim como nossos sonhos de crianças
       Ao tempo resistem a tantos vendavais.

         Às tempestades de grandes portes
            Sobrevivem até aos furacões
        Nos tornam a cada dia mais fortes
      Já fogem ao controle nossas emoções.

           Para que nossas tantas ânsias?
    O amor não pode ser visto e nem tocado
   Apesar de algumas difíceis circunstâncias.

            Eram só dilemas e mais nada
          Nossas almas são todo o infinito
  E a força do nosso amor mulher amada!
***************************************

                    EU  SEMPRE  SOUBE !    (  ESTHER )

                    Eu  sempre  soube ,  amor,
    que  as  tempestades  nos  fariam  mais  fortes!

                   Eu  sempre  soube,  amor,
                   que  eras  desde  sempre
     aquele  que  Deus  Destinou  ao  meu  coração...

                    Eu  sempre  soube,  amor,
         que  nenhuma  circunstância  (ou furacão)
            levaria  esse  teu  carinho  por  mim...

                    Eu  sempre  soube,  amor,
                   que  nada  tiraria  de  mim
                   este  encantamento  por  ti!

                    Eu  sempre  soube,  amor,
                         que  seque  o  mar,
                           escureça  o  sol,
                         cessem  os ventos,
                           chegue  a  morte...
             nada  há  de  nossas  almas  separar!

  Ah, amor, somos um do outro para todo o sempre!

******************************************  
                                                                       INTERAÇÕES

            Linda e primorosa a sua poesia, querido poeta jbJOÃOBATISTA !
          Obrigadíssima!

                                            NEM O DESTINO SEPARA

                                            Apenas o amor é a razão...
                                         Não importam as turbulências...
                                       Ainda que tragam consequências...
                                         Mas não causarão separação...

                                          Mesmo contrário ao destino...
                                          Sempre unidos com firmeza..
                                          O amor é maior com certeza...
                                          Somos assim desde menino...

                                       Formando dupla ou fazendo dueto
                                             Esse amor vai continuar...
                                         Por ser infinito, e nunca acabar...

                                           Será forte e sempre eterno...
                                       No verão, primavera, ou inverno...
                                     Até mesmo quando chegar o outono.

*********************************************************
Enviado por Esther Lessa em 23/12/2017



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras