Judd Marriott Mendes in Versus

O Sagrado que habita em mim, ama o Sagrado que habita em ti ...

Áudios

Nosso Resgate - Jaco Filho ©
Data: 14/12/2017
Créditos:
Jaco Filho © , Nosso Resgate .

I save copyleft. All rights, copyrights and credits are reserved for the original author Poet Jacó Filho ©, protected by Brazilian authors laws and Creative Commons Intl license.

Poem in Recanto das Letras:
https://www.recantodasletras.com.br/sonetos/6198620

Author: Jaco Filho ©
https://www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=77167
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Jaco Filho © e canção Marília Mendonca). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

NOSSO RESGATE - Replicando os mestres Esther Lessa e JUDD MARRIOTT MENDES

                NOSSO RESGATE

Pra sermos libertos, com autenticidade,
E vermos nosso amor durar pra sempre.
Devemos resgatar para tocar em frente,
A causa da paixão, em nossa mocidade...

A  simplicidade nos sentires complexos,
Foi nossa ferramenta pra grandes ideais,
E nos dá liberdade pros assuntos irreais,
Provando ser único, os nossos universos.

Pra moldar tal futuro sonhado pra gente,
Pintado com a cor, que nosso amor tem,
Pediremos ao céu que não falte ninguém...

Convidemos amigos, sem ser exigentes,
E numa capelinha, pra semana que vem,
Marcamos a data e que Deus diga amém...

                          Réplica aos textos:
          RESGATA-ME, AMOR ! SONETO/ JUDD//
   RESGATANDO / SONETO 148 / ESTHER(T6197563)
                             De: Esther Lessa

....................................................................

Obrigado mestre Gualberto Marques:

Boa noite caro amigo e nobre mestre Jacó Filho.
Acabei de ler e apreciar o seu belo soneto
              "NOSSO RESGATE"-
Replicando os mestres Esther Lessa e JUDD M. MENDES.
Um primoroso soneto elaborado com sensibilidade e a
eloquência do nosso grande poeta Jacó Filho ficou bem
patenteado nas belas estrofes do soneto. Concordo em
absoluto com o que ficou expresso nos belos versos que
o Poeta elaborou pondo em evidencia o essencial referente
a "Resgates".
Gostei da forma precisa e concisa como colocou em ponto
de partida a primeira estrofe.
Ele tem pois a ver com nosso "modus vivendo" e tudo o que
por ação do nosso "livre-arbítrio" fizemos.
O Resgate consegue-se quando anulamos o saldo da nossa
conta do "Deve" e do "Haver".
A nossa "CONSCIÊNCIA" (Juiz implacável) irá pois nos julgar
se não conseguirmos no fim da existência SALDAR integralmente
nossos débitos. Ficou uma excelente obra poética que me inspirou
e que me levou a fazer um soneto em interação com o do mestre
Jacó Filho.
Se me permite vou anexa-lo ao texto.
Com um fraterno abraço lhe envio o agradecimento pela visita e
os parabéns com aplausos, de pé pelo seu espetacular soneto.

        DE RESGATE..., EM RESGATE?***

De certos resgates ficamos como penhor.
Agir da melhor forma, vamos precisar.
Bom era fazer, sua reforma interior;
Saldar débitos como prática salutar.

Lei de Ação-Reação a todos irá atuar.
É simples e justa; uma boa solução?
Há quem aceite?, se ele não se aplicar.
Alguém que não Ama, nem dá seu perdão.

Nem todos débitos serão resgatados,
Durante uma única existência.
Seria preciso mais tempo e sapiência.

Com Amor e Perdão seremos ajudados.
Resgate é árdua Ação pra sanar conflitos,
E com os resgates, se libertam Espíritos.

Faro, 16 Dezembro 2017 gmarques

Caro mestre Jacó Filho aproveito a oportunidade
para lhe desejar umas Boas Festas nesta quadra
de Natal e que passe com Saúde, boa disposição
e Alegria um FELIZ E SANTO NATAL na companhia
dos Familiares e Amigos.

                                  Para o texto:
NOSSO RESGATE - Replicando os mestres Esther Lessa e JUDD MARRIOTT MENDES (T6198620)
Enviado por Jacó Filho em 14/12/2017

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras