Judd Marriott Mendes in Versus

O Sagrado que habita em mim, ama o Sagrado que habita em ti ...

Áudios

No teu corpo amanhecer
Data: 11/12/2017
Créditos:
No teu corpo amanhecer
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Sarah e poesia Judd Marriott Mendes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



No teu corpo amanhecer


No teu corpo amanhecer
Os dois sedentos
Sede de amar
Teus beijos acalmam 
Minha boca que quer beijar-te...
Dar-te este corpo 
Que a mim já não pertence mais
Enquanto te apossas de mim
Com teu corpo e alma
Tudo o que eu mais queria
Me sentir teu, teu, todo teu!
Fora da terra...
Em ti amanhecer amor
Cada dia e outro mais
Sabendo que na noite anterior
Em mim ardias com paixão
Enquanto penetrava te
E nesta muito mais
Toda minha vida...
Um êxtase devasso que me vence
Tu e eu
Nós a sós
Tornando-nos um único corpo e alma
Amando-nos com a Alma
Com a alma...ao amanhecer...
Enchendo corpos com beijos e caricias
Levastes-me ao céu
Vem, que sem ti eu morro!
Gozo de errante
Triunfo fervilhante
Juntos atingimos o sublime
Nossos corpos esvaziados
Corpo sobre corpo
Derramaste a tua alma
Tua vida...
Tua vida na minha penetrada
Felicidade plena
Acordamos envoltos por um amanhecer azulado
Silêncio entre promessas e o sonho
Beijos quentes, babados
Respiros intensos
Jogada em meus braços
Te sussurro...
Te amo, te amo, te amo! 
MULHER COMO TE AMO!

Quero mais...
Enviado por Judd Marriott Mendes em 11/12/2017

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Judd Marriott Mendes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras