Judd Marriott Mendes in Versus

O Sagrado que habita em mim, ama o Sagrado que habita em ti ...

Áudios

Teu amor me tomou
Data: 11/12/2017
Créditos:
Teu amor me tomou
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Sarah e soneto Judd Marriott Mendes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Teu amor me tomou
 
Teu amor me tomou, confesso incendiou-me 
Fez minhas noites sombrias, um lindo claro dia
Mudou o pior de min, para intensa alegria
Como um ciclone em tormenta tomou-me.
 
Tua generosa destreza e paixão me guiou  
Estava perdido por mais um pouco eu morria 
Andava pelos botecos e vida em noite fria 
Tão perdido que o amor me desertou.
 
Já não era nem cinzas sobre o nada 
Era um bagaço de homem em flamas
Perdi vida, sonhos e muitas noites na balada.
 
Dias escuros e vida pedra agora resgatada
Com um amor encantado em chamas
Ah meu amor, minha mulher abençoada.
 

 
Enviado por Judd Marriott Mendes em 11/12/2017

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Judd Marriott Mendes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras