Judd Marriott Mendes in Versus

O Sagrado que habita em mim, ama o Sagrado que habita em ti ...

Áudios

Soneto de Amar- Luamor - recitado por Judd
Data: 10/12/2017
Créditos:
Luamor, Soneto de Amar, sonetos, recitado
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Luamor e Judd Mariiott Mendes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

SONETO DE AMAR


Amo-te muito sem descanso e sempre
Mais que a tudo e que à realidade
Como um louco e com serenidade
Amo-te com a dor de um amor ausente

Amo-te agora e pela eternidade
Como um bom deus sempre presente
Amo-te aflito e amo-te contente
Sem passado,poder e sem idade

Amo-te como um anjo,puro e casto
E com desejo e um amor devasso
Com saudade e mais do que podia

Amo-te enfim como um castigo
Sem fim, errante e sem amigo
Te esperando pra me raiar o dia

Luamor




Taylor Swift - Back To December c/leg

http://www.youtube.com/watch?v=PDCOYDF78_A



===========================================================



Mas que prazer receber o poeta mestre Miguel Jacó que interage com tanta facilidade que parece que os versos brotam de seus dedos, obrigada poeta amei! ficou show!


 
MINHAS NOITES SÃO DESPERTAS.

Pois diante deste amor que tu professa
A minha mente fica sempre impregnada
Não costumo perder o sono na madrugada
E agora as minhas noites são despertas.
 
Tuas silhuetas te confesso são saradas
E as tuas coxas sabotam as de Afrodite
Minha libido anda sempre em disparada
Porque entendo que me fazes um convite.
 
Quando amor é exalado em nossos poros
Sentimos logo o frescor do pronto viço
E não demora rola um coito na história.
 
Porem na real tudo difere da poesia
E sabemos que o versado é só enfeite
Interagir contigo foi profunda alegria.

Meguel Jacó




============================================

Ainda não estou preparado para não poder ouvir-te
ou não poder falar-te,
não estou preparado para que não me abraces
e para não poder abraçar-te.
Ainda te necessito
e ainda não estou preparado para caminhar
pelo mundo perguntando-me...porque?
Não estou preparado hoje nem nunca estarei.
Te necessito.

Pablo Neruda



 
Enviado por Luamor em 09/12/2017

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras