Judd Marriott Mendes in Versus

O Sagrado que habita em mim, ama o Sagrado que habita em ti ...

Áudios

Bêbado cambaleante - Judd Marriott Mendes
Data: 02/11/2017
Créditos:
Bêbado cambaleante , Judd Marriott Mendes, poesias de amor.

http://www.recantodasletras.com.br/poesiasdeamor/6159016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Reginaldo Rossi). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Bêbado cambaleante

Já perdi a vida aguerrida
Tudo desmoronou
Sobrou-me a bebida
O Encanto me faltou
Por ai de bar em bar
Procurando um amigo
Para um gole pagar
Infeliz assim sigo
Que coisa mais ingrata
A vida e insensata
O whisky me mata
E sigo cambaleando
... como acrobata.
De certa forma tentar esquecer
... já é a ti lembrar.
 
 
Um mimo, que é pertinente e já uma bela obra!
Que interação! Amei de  montão e que de coração agradeço
e divido com todos, MESTRE TROVADOR DAS ALTEROSAS!

 Mestre Miro in Action!

Pois é, poeta e amigo
Eu bem tentei te avisar
 Agora sofre o castigo
Não quis me escutar...
 
Eu disse, tome cuidado
Esta gata é perigosa
Vai ficar apaixonado
 Ela é muito gostosa...
 
Usa aquele perfume
Machos vão atrás dela
Vais ficar com ciúme
E terminar com ela...
 
Agora está aí incompleto
Andando só de pirraça
Vive só neste boteco
Enche o rabo de cachaça...
 
Saia deste mal me quer
Arranje logo outra mulher.

Trovador das Alterosas

______________ 

  Mestre Trovador

Eu vou beber leite agora 
Ouvirei o seu conselho
Ingrata mulher mestre
Eu Fui o tal...
Convidei a se portar mal 
O tal amor, ah... o tal amor
Que nada!
 Quero é fetiche e bacanal
Quem me consuma com todo fervor
 Mesmo que me ame como animal.

Judd


 
 
Enviado por Judd Marriott Mendes em 01/11/2017

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Judd Marriott Mendes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras